Blog Meu Despachante
Modern technology gives us many things.

Parcelar o documento do carro é uma questão de planejamento

0
Já que o desconto do IPVA para o pagamento à vista, ficou lá atrás no início do ano, a solução hoje para quem ainda não pagou o IPVA e agora precisa também fazer o licenciamento, é parcelar a dívida. Diluir dívidas mais caras ao longo dos meses é uma prática comum entre os brasileiros. O pagamento do IPVA+DPVAT que garante a possibilidade de fazer o licenciamento nos meses subsequentes, é um débito obrigatório e muitas vezes uma dívida alta, principalmente dependendo do modelo e ano do veículo em questão. Ainda assim, é necessário estar em dia com essa dívida. Quem utiliza o carro ou a moto todos os dias para trabalhar, levar as crianças na escola e fazer as diversas atividades do dia, sabe disso.

Multas ao longo do caminho

Para quem pagou o IPVA e DPVAT no início do ano, recebendo o desconto de 3% à vista, não tem que se preocupar agora. Basta quitar o licenciamento e está tudo certo. Mas ao longo do caminho entre o pagamento do IPVA e do licenciamento, os motoristas podem cometer infrações de trânsito e somar multas na habilitação. Essas multas devem ser consultadas e pagas antes do veículo ser licenciado, ou então o documento será barrado no licenciamento. Se constam débitos, o documento não pode ser renovado.

Não arrisque circular sem licenciar

Rodar com o veículo em débito não é uma atitude saudável, nem para o motorista, nem para o veículo. A multa para quem é parado em uma blitz e não tem o documento do ano corrente para apresentar é de R$293,47. O motorista é autuado com 07 pontos na carteira e tem o seu carro levado para o pátio, onde deve permanecer até que a dívida seja paga. Pelo Detran-SP não é possível parcelar a dívida de IPVA depois de vencida a primeira parcela. Mas pelo despachante online a dívida ganha uma vantagem. O proprietário de veículo pode escolher em quantas parcelas quer pagar, em até 12 meses.

Planejar o parcelamento é possível

Ainda que o parcelamento implique em comprometer uma parte do orçamento com as prestações, parcelar o documento é uma alternativa que deve ser planejada. Uma sugestão é que o proprietário ao parcelar a dívida, consiga juntar também uma parte do IPVA e outros débitos do veículo para o exercício do próximo ano. Assim, as possibilidades se expandem. Com dinheiro guardado é possível pagar a dívida à vista com desconto, e até mesmo antecipar o licenciamento. Se estiver fora do prazo, não tem problema. No Meu Despachante o usuário tem a alternativa de pagar uma parte do débito através de boleto bancário e o restante parcelar em até 4 cartões de crédito. Seja qual for a situação em que você se encontra hoje, faça uma consulta gratuita.

www.meudespachante.com.br